banner ipe antigo - publicidade super banner 970x90 - 1
banner ipe brasilia - publicidade sua marca sendo vista - 970x90 - super banner 970x90
OPINIÃO

A mudança de narrativa de Bolsonaro

Em live presidente diz que não se arrependerá de ter indicado a hidroxicloroquina contra a covid-19 mesmo que o medicamento se comprove cientificamente ineficaz contra a doença

Mercuccio

Mercuccio Opiniões, entrevistas e análise do cenário político do Distrito Federal e Nacional.

06/02/2021 21h50Atualizado há 3 semanas
Por: Mercuccio
40

 

Não é por uma questão de consciência que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), tem assumido um papel mais proativo em relação ao combate a COVID-19.

Após ter liberado R$ 3 bilhões para 250 deputados e 35 senadores aplicarem em obras em seus redutos eleitorais, Jair conseguiu eleger o senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG) para a presidência do Senado e o deputado Federal Arthur Lira (PP-AL), para o comando da Câmara. O dinheiro usado para pagamento das emendas saiu do Ministério do Desenvolvimento Regional.

Não é só uma mudança ideológica de Bolsonaro, que tinha como plataforma de campanha não se alinhar com o tal Centrão e o fortalecimento da Lava Jato ao combate da corrupção. Por sinal a Lava Jato continuará com uma estrutura reduzida dentro do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). 

O presidente se viu encurralado e teve que se alinhar ao deputado Federal Arthur Lira, o qual detêm o comando do tal Centrão, para barrar os mais de 57 pedidos de impeachment que aguardam a aprovação do presidente da Câmara.

O acordo com o Centrão forçou Jair a mudar a postura negacionista da pandemia. Vendo que Pazuello, atual ministro da Saúde, teve processo de investigação aberto pela Procuradoria Geral da Republica – PGR, sobre ações em relação à crise provocada pela covid-19 no Amazonas e no Pará. Propagação da cloroquina também é alvo da apuração. 

Bolsonaro rapidamente em suas redes sociais enfatiza que o uso pode ser comprovado eficaz futuramente ou pode ser considerado placebo, mas que “se não faz mal, por que não tomar?”.

“Tudo bem, paciência”, enfatizou. “Me desculpa, tchau. Pelo menos eu não matei ninguém. Mas se lá na frente comprovarem [eficácia], você que criticou, parte da imprensa, vai ser responsabilizada”. 

E ainda para reforçar o erro de Jair a farmacêutica norte-americana MSD (Merck Sharp and Dohme), em um comunicado, a empresa disse que não há base científica que indique efeitos terapêuticos contra a covid-19 nos estudo pré-clínicos já publicados.

Jair Bolsonaro mira 2022 é não será o Jair de 2018. A narrativa a partir de agora será dada pela base dos deputados Federais que dão sustentação ao presidente. Vem aí o Jair de Centro, controlado pelo Centrão. 

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Brasília - DF
Atualizado às 03h42
18°
Alguma nebulosidade Máxima: 28° - Mínima: 17°
18°

Sensação

7 km/h

Vento

88%

Umidade

Fonte: Climatempo
banner ipe brasilia - publicidade 300x600
Ex Data - Arranha Céu
Banner - Utilidade Pública - Covid - 19 - GDF
Violência Contra a Mulher - 1
banner ipe antigo - publicidade 300x250 - 1
Ex Data - Arranha Céu
Municípios
Últimas notícias
O Studio F// Lab. Criativo - publicidade - 300x250
Mais lidas
Turquesa Esmalteria e Beleza Lago Norte - publicidade 300x250 - 4