Sorriso -
Multmarcas
Scuderia -
fabrique
banner ipe brasilia - publicidade sua marca sendo vista - 970x90 - super banner 970x90
Triplus - topo
banner ipe antigo - publicidade super banner 970x90 - 1
Multma - topo
Sorria
CLARIN

Coronavírus no Brasil: com 716 óbitos nas últimas 24 horas, é quase 80 mil óbitos

Eles relataram 23.529 novos casos e o total é de 2.098.389 pessoas infectadas. O número de mortos subiu para 79.488.

19/07/2020 22h33
Por: Redação
66

O Brasil, o segundo país mais afetado no mundo pela nova pandemia de coronavírus após os Estados Unidos, registrou nas últimas 24 horas 23.529 novos casos confirmados e 716 mortes por COVID-19, conforme divulgado neste domingo pelo Ministério da Saúde local.

Em seu boletim epidemiológico diário mais recente, o governo informou que o número total de pessoas infectadas era de 2.098.389 pessoas , enquanto o número de mortos subiu para 79.488 mortes.

Pelo segundo dia consecutivo, o número de mortes ficou abaixo de 1.000, embora nos finais de semana geralmente ocorra uma redução relativa, porque muitos municípios relatam apenas mortes e novas infecções às secretarias regionais de saúde até a segunda-feira seguinte.

O Brasil, que continua a ser um dos epicentros globais da pandemia, teve uma taxa de mortalidade de 37,8 mortes no domingo e uma incidência de 998,5 pessoas infectadas por 100.000 habitantes , médias ligeiramente superiores às do dia anterior.

Os dados também mostram que, neste sábado, 1.371.229 pacientes do novo coronavírus foram recuperados, representando 65,3% do número total de infectados no país, com 210 milhões de habitantes.

 

Outros 647.672 pacientes, incluindo o presidente, Jair Bolsonaro estão em escolta médica após terem testado positivo em ensaios clínicos.

Os estados de São Paulo (415.049 casos confirmados e 19.732 óbitos), Rio de Janeiro (138.524 e 12.114) e Ceará (146.972 e 7.178) continuam sendo os mais afetados, enquanto a doença começa a se mover em direção às cidades do interior e do interior. para o sul e centro-oeste do país. 

O Ceará, com apenas cinco óbitos entre sábado e domingo, começou a baixar sua taxa de mortalidade nos últimos dias, que ainda é a mais alta do país, com 78,6 por 100.000 habitantes e o dobro da média nacional.

Nesta segunda-feira , a vacina chinesa contra o coronavírus em São Paulo começa a ser testada em 9.000 voluntários, de mais de um milhão de candidatos, em um acordo entre o laboratório Sinovac, do país asiático, e o Instituto Butantan, o estatal Butantan Institute, o principal centro de referência imunológica do país. .

Enquanto isso, em Brasília, centenas de apoiadores de Bolsonaro se reuniram para expressar seu apoio, enquanto o presidente se recupera da doença. Vestidos com as cores da bandeira, os manifestantes desfilaram pela Esplanada dos Ministérios, no coração da capital, usando símbolos patrióticos, cruzes e imagens do presidente, que parece estar de boa saúde.

Suas críticas foram dirigidas principalmente aos governadores dos diferentes estados brasileiros que apelaram ao isolamento social para impedir a propagação do vírus, medidas que Bolsonaro criticou desde o início da pandemia.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias