Multmarcas
fabrique
Scuderia -
Sorriso -
Sorria
banner ipe brasilia - publicidade sua marca sendo vista - 970x90 - super banner 970x90
banner ipe antigo - publicidade super banner 970x90 - 1
Triplus - topo
Multma - topo
CLDF

Live CLDF desta quinta-feira (9) debate efeitos econômicos da pandemia

Os deputados Agaciel Maia (PL) e Leandro Grass (Rede) avaliam ao vivo, a partir das 17h, as perspectivas financeiras do DF diante da previsão de redução na arrecadação de impostos

07/07/2020 23h42Atualizado há 4 meses
Por: Redação
Fonte: Núcleo de Jornalismo - Câmara Legislativa
2.666
Foto: Divulgação/CLDF
Foto: Divulgação/CLDF

A pandemia da Covid-19, decretada em março passado, além de expor e, em muitos casos, amplificar problemas na área de saúde, trouxe consequências drásticas ao setor econômico. Aumento do desemprego, fechamento de empresas e queda na arrecadação são alguns dos efeitos visíveis da crise. No Distrito Federal, não tem sido diferente e, também, por aqui as dificuldades se avolumam. Desde o início, a Câmara Legislativa tem buscado apoiar o setor produtivo com o objetivo de mitigar as repercussões – ainda não completamente conhecidas – do surto do novo coronavírus.

 

Para debater os impactos econômicos da pandemia no DF, ante esse panorama, os deputados Agaciel Maia (PL) e Leandro Grass (Rede) participam nesta quinta-feira (9) do programa "Live CLDF", transmitido ao vivo pela TV Web e pelo canal da Câmara Legislativa no YouTube. A discussão, a partir das 17h, tem ainda como cenário o retorno à atividade de setores do comércio e serviços que estiveram proibidos de funcionar em meio aos esforços para evitar a propagação do vírus.

 

Argumentos – Levando em conta a urgência de salvar vidas ao mesmo tempo em que se faz necessário manter os postos de trabalho, os distritais tratarão, entre outras questões, das medidas governamentais que podem ser adotadas para amenizar a crise. "Além das providências adotadas pelo governo federal, temos de avaliar se o GDF já exauriu sua capacidade de fomentar o setor produtivo. E, ainda, devemos voltar a nossa atenção aos mais impactados, como a área cultural e alguns ramos do setor de serviços", adianta Leandro Grass, que preside a Frente Parlamentar de Promoção dos Direitos Culturais.

 

Por sua vez, Agaciel Maia defende a expansão da base monetária como fator de enfrentamento da emergência. "Em face da perda de receitas que deve ultrapassar R$ 1,4 bilhão, é preciso perceber que essa política é capaz de manter a economia funcionando", propugna o distrital, que preside a Comissão de Economia, Orçamento e Finanças (CEOF). O parlamentar reforça ser preciso "aumentar os gastos e não subtrair salários", referindo-se à contribuição previdenciária dos servidores. "O poder de compra tem reflexos em toda cadeia produtiva", afirma, antecipando pontos que levará à Live CLDF.

 

Live CLDF – O programa desta quinta-feira (9) será a terceira edição do fórum de debates que é produzido e mediado pela Coordenadoria de Comunicação Social (CCS). Os cidadãos, durante o "Live CLDF", podem enviar perguntas e observações aos deputados distritais por meio de chat no canal da Câmara Legislativa no YouTube.

 

Na semana passada, o "Live CLDF" discutiu a flexibilização do isolamento social no Distrito Federal, com a participação dos deputados Fábio Felix (PSOL) e Júlia Lucy (Novo). Na primeira edição, esteve em foco a majoração da alíquota de contribuição previdenciária dos servidores públicos locais, com Arlete Sampaio (PT) e Delmasso (Republicanos).

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias