banner ipe brasilia - publicidade sua marca sendo vista - 970x90 - super banner 970x90
banner ipe antigo - publicidade super banner 970x90 - 1
Educação

Instituições escolares encaram uma nova realidade com o ensino à distância no Brasil

As ferramentas online se tornaram grandes aliadas para os profissionais de Educação. Entretanto, ainda há dificuldades técnicas e práticas no processo de aprendizagem remoto

02/06/2020 14h11
Por: Redação
155
Divulgação
Divulgação

Brasília, 1º de junho de 2020 – Os estudantes brasileiros tiveram que se adaptar a uma nova realidade escolar por conta do coronavírus no país. Na capital federal, por exemplo, as instituições substituíram as lousas das salas de aula pelos computadores, notebooks e celulares dos alunos, dentro das suas residências, desde o dia 31 de março. A aula à distância foi um acordo estabelecido entre a Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEDF) e o Conselho de Educação para reduzir a transmissão do coronavírus, no DF.

As plataformas virtuais, assim como os sites e as aulas disponibilizadas pela televisão aberta, se tornaram alternativas para aproximar o estudante dos professores, permitindo a continuidade no plano escolar. Entretanto, uma realidade ainda desconhecida precisa ser explorada para suprimir a presença física durante a pandemia sem que o ensino seja prejudicado neste período.

"O professor não estava preparado totalmente para uma mudança tão repentina. Alguns tiveram problemas e, para driblá-los, assistiram vídeos para aprender novas habilidades. Tiveram que buscar como administrar os recursos de áudio e vídeo, lidar com iluminação e editar as vídeoaulas” informa Nei Vieira, diretor pedagógico dos Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio do Colégio Seriös.

A adaptação das instituições brasileiras a esta nova realidade não é o único problema a ser enfrentado pelos profissionais de ensino. Do outro lado da tela, há a necessidade do envolvimento do aluno sem que o professor esteja fisicamente presente, o que é desafiador.

Para Vieira, a parceria da família com a escola é fundamental para o êxito do aluno no processo de ensino e aprendizagem. Isso se deve ao fato de que a motivação pode ser determinante para a mudança de atitudes e hábitos.

"Conversar sobre as experiências do dia a dia, demonstrar interesse pela vida pessoal e escolar dos filhos e participar dos eventos promovidos pela escola são boas estratégias para se aproximar das crianças e reforçar a parceria com a escola", aconselha.

 

Para facilitar a rotina de estudos, o profissional oferece cinco dicas para serem implementadas pelos estudantes. Confira:

1. Monte um cronograma de estudos para ter maior organização;

2. Escolha um bom lugar para estudar. Importante: o local deve ser livre de distrações;

3. Alterne as formas de estudar para ativar diferentes regiões do cérebro. Faça resumos, leituras, listas de exercícios, mapas mentais além de assistir as vídeo aulas;

4. Faça pausas regulares para descansar e obter melhores resultados;

5. Desconecte das redes sociais para não atrapalhar o momento de estudo.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias