banner ipe brasilia - publicidade sua marca sendo vista - 970x90 - super banner 970x90
banner ipe antigo - publicidade super banner 970x90 - 1
Curiosidades

Google registra aumento de 226% na busca pela palavra “missa” no YouTube

Segundo especialista, a quarentena pode ser um momento de reestruturação da espiritualidade

02/06/2020 14h07
Por: Redação
148
Divulgação
Divulgação

Nesse período de incertezas, a espiritualidade tem sido um refúgio para muita gente. Em um momento de notícias negativas e vítimas fatais da covid-19, os brasileiros têm buscado conforto na fé. Isso é o que mostra uma pesquisa do Google. A plataforma registrou um aumento de 226% na procura pelo termo “Missa” no YouTube.

Para o teólogo e filósofo Marcelo Veronez, essa busca é compreensível. "Nesse momento, é normal que as pessoas recorram a alguma crença ou ser divino para tentar encontrar respostas", afirma.

Com a suspensão das missas presenciais e templos religiosos fechados devido à  pandemia, as instituições têm criado maneiras de manter contato com os fiéis. Transmissões ao vivo de celebrações se tornaram comuns na plataforma do YouTube. Além disso, algumas igrejas adotaram ao sistema drive-in, a missa é celebrada no estacionamento, enquanto os ouvintes permanecem dentro do carro.

Marcelo ainda ressalta que as pessoas podem aproveitar o período de isolamento para refletir. "Como a maioria das pessoas tem ficado em casa, em algum momento terá tempo para pensar em seu propósito de vida e na sua conexão interior com o mundo. Não há mais o estresse do trânsito, de filas e daqueles momentos que nos fazem viver no automático. É um tempo de reflexão e conexão com seu lado espiritual", explica.

Para o especialista, essa busca por algo divino tem dado sentido à vida de algumas pessoas. "A espiritualidade costuma surgir em meio a dificuldade. Nesse momento, pelo medo da pandemia e das incertezas, procuramos algo para acreditar porque somos humanos e o desconhecido nos atormenta. Mesmo para quem não tem uma religião, há fé em algo, talvez seja na humanidade, na ciência e no amor ao próximo", conclui.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias