Sábado, 13 de Julho de 2024 16:01
61 99658-6724
Cultura Cultura

Entrega de título póstumo à fotógrafa Regina Santos marca abertura de exposição nesta segunda (17)

A Câmara Legislativa do Distrito Federal realiza sessão solene, na noite desta segunda-feira (17), para a outorgapost mortemdo título de Cidadã Hon...

17/06/2024 12h16
Por: Redação Fonte: Agência CLDF
Foto: Barbara Vale
Foto: Barbara Vale

A Câmara Legislativa do Distrito Federal realiza sessão solene, na noite desta segunda-feira (17), para a outorgapost mortemdo título de Cidadã Honorária de Brasília à fotógrafa Regina Santos (1964-2024). A homenagem acontece no Teatro dos Bancários (EQS 314/315), durante a abertura da exposição “Amazônidas”, a qual reúne 22 imagens realizadas pela artista na região amazônica.

Nascida em Leopoldina (MG), Regina Santos mudou-se para Brasília na década de 1970. Aqui, estudou fotografia no Ceub e deu início a seu trabalho artístico. Como fotojornalista, atuou no Rio de Janeiro, onde trabalhou ao lado de nomes de destaque, como Walter Firmo, e em Brasília.

A fotógrafa atuou, ainda, na produção de bancos de imagens institucionais, registrando comunidades tradicionais indígenas e quilombolas e documentando manifestações culturais em várias partes do País. 

“A beleza plural do Brasil profundo retratada por Regina Santos desencadeia emoções que transcendem a realidade. Sua obra se torna poesia. Encantada, Regina Santos vive hoje no olhar das pessoas que ela fotografou pelo Brasil e pelo mundo”, enaltece o autor da homenagem, deputado Chico Vigilante (PT).

A vasta trajetória da artista inclui, também, a produção e publicação de livros fotográficos, bem como a realização de projetos sociais voltados para crianças e adolescentes, para a formação de fotógrafos-mirins. 

“Com olhar generoso, delicado e humano, Regina sabia que podia expandir seu trabalho, dividindo habilidades com outras pessoas. Assim, promoveu inclusão, abriu portas da dignidade e apontou caminhos para um futuro sem a humilhação das ruas e o abandono”, ressalta Vigilante.

Regina Santos faleceu aos 59 anos de idade, no último 1º de fevereiro, após complicações causadas por uma infecção pulmonar. Desde 2020, ela fazia tratamento oncológico.

Amazônidas

A exposição reúne 22 fotografias, com curadoria das fotógrafas Tina Coelho e Ana Araújo e expografia de Célia Matsunaga. As imagens, de acordo com as curadoras, estão divididas em três recortes e sintetizam o trabalho de Regina Santos na Amazônia.

A mostra vai ficar aberta à visitação, gratuitamente, nofoyerdo Teatro dos Bancários, de amanhã (18/06) até 7 de julho. 

Denise Caputo - Agência CLDF

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Brasília, DF
Atualizado às 15h01
23°
Tempo limpo

Mín. 16° Máx. 26°

22° Sensação
7.2 km/h Vento
38% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (14/07)

Mín. 14° Máx. 25°

Tempo limpo
Amanhã (15/07)

Mín. 13° Máx. 25°

Tempo limpo
Ele1 - Criar site de notícias