Sábado, 27 de Novembro de 2021 13:49
61 98616-6793
Política ENTREVISTA

Magela, não vejo possibilidade do MDB e PT caminharem juntos no DF

Pré-candidato ao GDF, pelo Partido dos Trabalhadores (PT), o Ex-deputado Federal, Geraldo Magela concede entrevista exclusiva ao portal Ipê Brasília.

17/11/2021 09h19 Atualizada há 1 semana
298
Por: Mercuccio
Magela, não vejo possibilidade do MDB e PT caminharem juntos no DF

 

2022 já raiou no horizonte dos pré-candidatos, que começam a se articular para a disputa eleitoral.

 

A nível de GDF, nomes começam a surgir em contraponto ao atual governador Ibaneis Rocha do MDB. O cenário nacional de possíveis alianças atua como reflexo nos partidos em seus respectivos Estados.

 

A coluna entrevista Geraldo Magela, Ex-deputado federal pelo PT-DF, que aborda as articulações nacionais e os reflexos no DF, e as possiveis alianças a serem construidas para chegar ao palacio do Buriti. E os ex-aliados como ficam nessa articulação.

 

Sabe-se que a nível nacional o Partido tem focado em 2022 aumentar a sua bancada de  deputados Federais, a fim de garantir uma governabilidade na possibilidade de uma vitória de Lula para Presidente da República. 

 

IPB: Há possibilidade de o PT não lançar candidato próprio no DF? 

GM:- Se depender da militância, o PT terá candidato para o GDF. Em todas as eleições realizadas até hoje tivemos candidato a governador. Contudo nós estamos submetidos à tática nacional e temos como prioridade absoluta a eleição de Lula. A partir da conjugação destes elementos é que o PT vai decidir. 

 

IPB:O PT tem um processo democrático interno muito forte para a escolha  dos seus candidatos. Seu nome para concorrer ao GDF é uma corrente unificada dentro do Partido  ou pode ocorrer de outros nomes postularem a condição de serem candidatos ao  GDF?

GM:- Se mais de uma pessoa estiver disposta, o Partido fará prévias e os filiados vão escolher quem deve representá-los. Já fizemos várias prévias e o PT fica unido. Isso é o mais importante.

 

IPB: No plano nacional há uma corrente do MDB que busca uma aliança com  o ex-presidente Lula na composição para a vice-presidência. Há possibilidade de na eleição de 2022, ocorrer a  aliança vitoriosa de 2010? PT e MDB juntos para disputar o GDF?

GM: - O MDB deve liberar os seus candidatos nos diversos estados para apoiar o Lula. Mas, aqui no DF, não vejo possibilidade do MDB e PT estarem juntos. O governador Ibaneis aplica um programa totalmente diferente da proposta do PT. Uma junção eleitoral é muito difícil.

 

IPB: Levantamentos eleitorais feitos recentemente aqui no DF apontam que o ex-presidente Lula está em empate técnico nas intenções de voto com o  atual presidente Jair Bolsonaro. Como a imagem do ex-presidente Lula pode  ajudar o PT chegar à vitória para o GDF?

GM: - Se o PT tiver um candidato a governador ele pode ajudar na campanha do Lula e pode ser ajudado pela campanha presidencial, mas o que vai fazer o PT ganhar o GDF será apresentar uma candidatura competitiva e um programa de governo que resolva os problemas da população. O PT tem chances reais de ganhar o governo. 

 

IPB:Por que se colocar como pré-candidato ao GDF? Por que que ser Governador? 

GM: - Nos diversos cargos que exerci demonstrei que tenho condições de fazer um bom governo. Já provei que conheço de gestão e que trabalho com seriedade. Além disso, respeito todo mundo. Para mim, os adversários só existem no momento da campanha. Brasília está precisando de um governador que saiba governar e tenha sensibilidade e empatia com as causas e demandas da população.

 

IPB:Quem poderia compor como seu vice numa possível chapa? 

GM: - Neste momento,  não é possível definir. Em primeiro lugar vamos decidir se o PT terá candidatura própria. Depois faremos alianças para escolher o vice.  

 

IPB:Em sua avaliação qual o principal problema que Distrito Federal enfrenta e como  resolvê-lo? 

GM: - O maior problema, certamente, é o caos da saúde pública. E neste caso, o primeiro passo será implantar um programa parecido com o Saúde em Casa, que já existiu no governo do PT. Depois, vamos acabar com a privatização na área da saúde e implantar um sistema de gestão moderno. Sendo governador, pretendo visitar um hospital todas as semanas para fiscalizar o atendimento à população. Mas, existem muitos outros problemas que vamos enfrentar e resolver, como o problema do transporte.

 

IPB:Tem conversado com quais Partidos? 

GM: - Estamos conversando. O momento é de conversar muito, escutar bastante. O nosso campo de alianças no primeiro turno é a esquerda. E a conversa só vai adiante se houver compromisso com o apoio ao Lula.

 

IPB:Recentemente em entrevista o Ex-senador Cristovam Buarque foi questionado se fez  as pazes com os antigos eleitores do PT. Respondeu: “Estou esperando que eles  façam as pazes comigo”. O PT fez as pazes com Cristovam Buarque?

GM: - Eleitor não briga com candidato. Eleitor vota quando tem confiança ou deixa de votar quando perde a confiança. No caso da minha relação com Cristovam Buarque, eu mantenho o respeito que sempre tive por ele. Ele foi um bom governador. Acredito que ele pode ajudar muito o Brasil e o DF ajudando na eleição do Lula e um de um governador do PT. Aí, certamente, tudo voltará ao normal. Temos de trabalhar juntos! 

 

IPB:E Reguffe, é aliado ou adversário?

GM: - No que depender de mim, Reguffe será aliado. Nós já fomos aliados diversas vezes, mas disputamos a mesma eleição para o Senado em 2014. Ele venceu. Agora, veremos qual será o cargo que ele vai disputar e poderemos estar aliados no primeiro ou no segundo turno. Isso também dependerá da posição que ele vai assumir quanto à eleição presidencial. Se ele apoiar o Lula, a conversa começará bem....

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Mercuccio
Sobre Mercuccio
Opiniões, entrevistas e análise do cenário político do Distrito Federal e Nacional. WhatsApp (61) 99263-6030 e-mail: [email protected] @mercucciotoday
Brasília - DF
Atualizado às 13h36 - Fonte: Climatempo
29°
Pancada de chuva

Mín. 20° Máx. 28°

29° Sensação
33 km/h Vento
48% Umidade do ar
90% (26mm) Chance de chuva
Amanhã (28/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 26°

Sol com muitas nuvens e chuva
Segunda (29/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 26°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias