Terça, 21 de Setembro de 2021 23:42
61 98616-6793
Política OPINIÃO

E agora Rollemberg? Saída da senadora Leila do Vôlei é um balde de água fria!

Com a saída da senadora Leila do Vôlei para o Cidadania 23 o partido do ex-governador Rodrigo Rollemberg, fica sem representação no Senado

05/08/2021 14h01 Atualizada há 1 mês
171
Por: Mercuccio
reprodução internet / google imagens
reprodução internet / google imagens

 

Rodrigo Rollemberg, ex-governador do DF é o cacique do Partido Socialista Brasileiro PSB, no Distrito Federal. Filiado desde a formação do partido, Rollemberg já passou por todos os postos representativos e eletivos pelo partido. Foi o primeiro deputado Distrital, primeiro Deputado Federal, se tornou Senador em aliança com PT e foi governador rompendo a aliança com os Petistas.

 

O que Rollemberg sabe mesmo é como fazer e desfazer aliança para objetivo ser alcançado. A entrada da então secretária de esporte Leila do Vôlei ao partido foi uma jogada feita pelo próprio Rollemberg. Leila estava como secretaria de esporte e havia disputado a eleição pelo antigo PRB, hoje Republicanos. O próprio governador convenceu a então secretaria a se filiar ao partido. Rollemberg sabia da força da imagem e popularidade de Leila e usou essa popularidade ao seu favor lançando-a Senadora a fim de melhorar a sua própria imagem a reeleição do GDF.

 

Leila se elegeu senadora pelo PSB de Rollemberg. Chico Leite da Rede Sustentabilidade ficou em sexto lugar e colocou a culpa de não ter sido eleito senador em Rodrigo Rollemberg, que havia lançado a professora Leany lemos ao cargo de senadora pelo Partido Socialista Brasileiro. Após uma manobra de Rollemberg, Leany  lemos fica como a primeira suplente da candidata ao senado Leila Barros.  Rollemberg vai ao segundo turno e Chico Leite declara apoio a Ibaneis Rocha. 

 

Rodrigo Rollemberg, é um político casca grossa, sabe como funciona os bastidores do jogo político. Sem mandato eletivo o cacique do PSB/DF, vem organizando a legenda para a possibilidade de elegê-lo em 2022 ao cargo de deputado Federal. E uma de suas estratégias seria lançar a então senadora Leila Barros ao governo do DF. 

 

A saída de Leila do PSB é um balde de água fria nos planos de Rollemberg. Em nota a senadora: “Leila agradece a acolhida dada pelo PSB, tanto a nível nacional quanto distrital, e ressalta que mal-entendidos e possíveis mágoas diante da sua decisão não a impedirão de continuar ao lado dos colegas da legenda nas lutas comuns”. Leila ainda terá que exonerar mais de uma dúzia de assessores que são dirigentes e militantes do PSB/DF.

 

O cacique do PSB, não deixará barato essa saída de Leila do partido. O Diretório Nacional do PSB, cobra na justiça da senadora a quantia de R$ 102,5 mil, alegando que Leila Barros não pagou a contribuição de quem tem mandato, entre março de 2019 e junho de 2021.

 

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Mercuccio
Sobre Mercuccio
Opiniões, entrevistas e análise do cenário político do Distrito Federal e Nacional. WhatsApp (61) 99263-6030 e-mail: [email protected] @mercucciotoday
Brasília - DF
Atualizado às 23h42 - Fonte: Climatempo
25°
Alguma nebulosidade

Mín. 17° Máx. 35°

25° Sensação
6 km/h Vento
39% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (22/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 35°

Sol com algumas nuvens
Quinta (23/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 34°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias