Domingo, 01 de Agosto de 2021 02:18
61 98616-6793
Política OAB Eleições

OAB Nacional uma eleição de cartas marcadas?

Após entrevista do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, em afirmar que grupo fechou uma chapa única para eleger o seu sucessor a presidência da OAB, a partir de janeiro de 2022, causou indignação aos advogados de todo Brasil

06/07/2021 11h05 Atualizada há 4 semanas
282
Por: Mercuccio
OAB Nacional uma eleição de cartas marcadas?

 

A entrevista ao portal Metrópoles cedida por Felipe Santa Cruz, caiu como um tapa com luva de boxe na advocacia Brasileira. Ao afirmar que o grupo composto por 22 estados e o Distrito Federal, já teriam escolhido o seu sucessor o atual conselheiro federal pelo Amazonas o advogado Beto Simonetti.

A fala do atual presidente da OAB, colocou os advogados em questionamento. Como já decidir o presidente da OAB Nacional, sendo que as eleições nos Estados nem chapas definidas tem ainda? A postura de Felipe Santa Cruz, foi questionada pela advocacia.  Pretensos pré-candidatos a presidências em seus Estados e atuais Conselheiros Federais se manifestaram em suas redes sociais em tom de repudia pela ação já determinada pela atual presidência. 

O atual Vice-presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), o baiano Luiz Viana Queiroz se manifestou em suas redes sociais: “Chapa única é tirar o seu direito de escolher. Se você é advogado ou advogada, não deixe isso acontecer. ”

 

 

 O advogado Everardo Guerreiros, ex-conselheiro federal da OAB, ex-presidente da Caixa dos Advogados do Distrito Federal, desembargador do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e ex-Secretário de Projetos Especiais do governo do Distrito Federal, por meio da rede social explanou como funciona a eleição no CFOAB e reiterou ser contra o modelo arcaico praticado por Felipe Santa Cruz.

Eu li ontem, dando conta que a eleição para o conselho federal da OAB, já estaria decidida, porque o presidente Felipe Santa Cruz já teria conseguido 22 votos para o seu candidato. Ou seja, deixe-me explicar a vocês como funciona a eleição para o conselho federal. Nessa legislatura, com essa composição que está aí, o candidato que pretende escrever uma chapa tem que ter o apoia de seis seccionais para escrever sua chapa. Se ele não conseguir o apoio de no mínimo seis seccionais sequer, há possibilidade de escrever a sua chapa. Depois que ele escreve a chapa, são eleitos as novas direções e os novos conselhos das seccionais e na nova legislatura os conselheiros federais que são 81 votam em que é o candidato que eles escolhem, então vai ser por maioria, 41 conselheiros federais poderão escolher o próximo presidente do conselho federal. reitera repúdio no vídeo abaixo.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Mercuccio
Sobre Mercuccio
Opiniões, entrevistas e análise do cenário político do Distrito Federal e Nacional. WhatsApp (61) 99263-6030 e-mail: [email protected] @mercucciotoday
Brasília - DF
Atualizado às 01h59 - Fonte: Climatempo
18°
Alguma nebulosidade

Mín. 11° Máx. 25°

18° Sensação
4 km/h Vento
68% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (02/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 10° Máx. 24°

Sol com algumas nuvens
Terça (03/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 11° Máx. 26°

Sol com algumas nuvens
Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias