Terça, 21 de Setembro de 2021 22:53
61 98616-6793
Política Clipping Mercuccio

Saída de Freixo do PSOL mexe tabuleiro político para às eleições de 2022

Por meio de suas redes sociais o deputado Federal se despede dos correligionários: “Hoje, encerro esse ciclo com a certeza de que apesar de não estarmos no mesmo partido seguiremos na mesma trincheira de defesa da vida, da democracia e dos direitos do povo brasileiro

11/06/2021 13h17 Atualizada há 3 meses
144
Por: Mercuccio
Saída de Freixo do PSOL mexe tabuleiro político para às eleições de 2022

Deputado federal Marcelo freixo, anuncia sua saída do Partido Socialista e Liberdade PSOL-RJ, após 16 anos de militância partidária. 

Freixo chegou a disputar à prefeitura do Rio de Janeiro nas eleições municipais de 2016, foi deputado estadual e atribui a sua saída ao momento político do país.

“É hora de colocarmos nossas divergências em segundo plano para resgatarmos o país do caos e protegermos a vida dos brasileiros. As eleições de 2022 serão um plebiscito sobre se a Constituição de 1988 ainda valerá no Brasil. Por isso nós democratas não temos o direito de errar: do outro lado está a barbárie da fome, morte e devastação”, disse o parlamentar.

Parlamentar ainda anunciou em vídeo em suas redes que sua saída foi um processo construído no diálogo com os dirigentes partidários do PSOL, e que sua saída é uma sinalização para o fortalecimento da disputa política no Rio de Janeiro, onde agremiação fará parte.

Freixo fala de uma ampla aliança para derrotar ao atual presidente da República Jair Messias Bolsonaro (sem partido) no Brasil e no Rio de Janeiro, derrotar as milícias e criar um projeto de sociedade que tenha desenvolvimento e segurança.

 

 

Leia a nota na íntegra:

 

“Ingressei no PSOL em 2005, antes de me eleger deputado estadual. De lá para cá, compartilhamos uma bela história e colocamos o partido no centro da luta pela democracia. Juntos fizemos as CPIs das Milícias, do Tráfico de Armas e Munições e dos Autos de Resistência; enfrentamos os governos Cabral e Pezão; colocamos a Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa a serviço dos esquecidos pelo poder público; disputamos a prefeitura do Rio numa linda campanha que encantou a cidade e fomos ao front contra o governo Bolsonaro. Mais do que companheiros de luta, as pessoas com quem construí o PSOL são amigos com os quais divido projetos de vida.

 Hoje, encerro esse ciclo com a certeza de que apesar de não estarmos no mesmo partido seguiremos na mesma trincheira de defesa da vida, da democracia e dos direitos do povo brasileiro. Essa decisão foi longamente amadurecida e tomada após muito diálogo com dirigentes nacionais e estaduais, a quem agradeço pelas reflexões fraternas que compartilhamos.

 

Os retrocessos institucionais e humanos provocados por Bolsonaro em apenas 2 anos de governo impõem novos desafios à democracia e à atuação do campo progressista. É urgente a ampliação do diálogo e a construção de uma aliança com todas as forças políticas dispostas a somar esforços na luta contra o bolsonarismo. É hora de colocarmos nossas divergências em segundo plano para resgatarmos o país do caos e protegermos a vida dos brasileiros. As eleições de 2022 serão um plebiscito sobre se a Constituição de 1988 ainda valerá no Brasil. Por isso nós democratas não temos o direito de errar: do outro lado está a barbárie da fome, morte e devastação.

Seguirei me dedicando à construção de pontes, reafirmando o valor do diálogo e o papel da política como meio de resolvermos pacificamente os problemas do país. Nosso dever histórico é derrotar Bolsonaro nas urnas e o bolsonarismo enquanto projeto de sociedade. Sei que o PSOL e eu estaremos do mesmo lado para cumprir essa tarefa”.

 

 

 

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Mercuccio
Sobre Mercuccio
Opiniões, entrevistas e análise do cenário político do Distrito Federal e Nacional. WhatsApp (61) 99263-6030 e-mail: [email protected] @mercucciotoday
Brasília - DF
Atualizado às 22h37 - Fonte: Climatempo
24°
Alguma nebulosidade

Mín. 17° Máx. 35°

24° Sensação
11 km/h Vento
41% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (22/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 35°

Sol com algumas nuvens
Quinta (23/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 34°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias