Segunda, 25 de Outubro de 2021 23:05
61 98616-6793
Entretenimento MÚSICA

Deivid Rodrigues lança seu primeiro EP, fala da carreira e aguarda a hora de percorrer o Brasil fazendo shows

Deivid Rodrigues nasceu a 05/07/1981, em Taguatinga/DF. Mora em Samambaia/DF. Filho da manicure Bernadete e do pedreiro Raimundo, piauienses, nos encontros familiares da infância ouvia sempre música brasileira, com muito sertanejo e forró. O gosto e talento pra música fez com que, aos 12 anos, ganhasse um violão do seu pai

24/03/2021 20h03
651
Por: Redação
Deivid Rodrigues lança seu primeiro EP, fala da carreira e aguarda a hora de percorrer o Brasil fazendo shows

 

Está no ar desde 05/03/2021, o EP ‘Do Meu Jeito’, de Deivid Rodrigues, com as músicas ‘Asas de Papel’, ‘Deixa Acontecer’, ‘Simbóra’, ‘Morena’ e ‘Sinal’. Além de ver e ouvir, as músicas podem ser baixadas num simples clicar e incluídas nas audições musicais e festas mais animadas. É só pesquisar na internet, pois o EP usa ‘streamings’, distribuidores musicais conectados à rede mundial de computadores e smartphones.

 

“Agora passa um filme em minha mente, mostrando o inicio da carreira, feita na cara e na coragem, mas de coração aberto ao que o universo tivesse para oferecer. Somos do centro-oeste, da periferia da capital do país. Começamos tocar num caminhão tipo ‘pau de arara’, para mostrar o trabalho em festas comunitárias e saraus, também feitos em condições precárias, por amor a arte, a música”, conta Deivid Rodrigues.

 

“Houve situações desanimadoras, como negociar cachê do qual receberíamos apenas R$ 6,00 cada um, ‘por estarmos no início’. Mas, sorridentes, partíamos para o próximo evento, sempre sonhando com melhores oportunidades. Pela força da música encontrei figuras fantásticas que me apoiaram, fazendo com que parte do grande sonho virasse realidade. Hoje comemoro 10 mil visualizações de uma música recente”.

Carreira artística

 

Deivid Rodrigues nasceu a 05/07/1981, em Taguatinga/DF. Mora em Samambaia/DF. Filho da manicure Bernadete e do pedreiro Raimundo, piauienses, nos encontros familiares da infância ouvia sempre música brasileira, com muito sertanejo e forró. O gosto e talento pra música fez com que, aos 12 anos, ganhasse um violão do seu pai.

 

Na adolescência conheceu o pop-rock através de um professor de música, que o ajudou a se aperfeiçoar no violão. Ouvia muito Legião Urbana, banda que até hoje faz sucesso. Tais influências o levaram, aos 16 anos, a entrar em sua primeira banda, de pop e reggae. Depois entrou pra igreja e, por alguns anos, só tocou nesse ambiente.

 

Já adulto conheceu o forró eletrônico e entrou em sua segunda banda, tendo nela seu primeiro contato profissional com a música. Participou de muitos eventos, inclusive com suas músicas autorais. Aos 20 e poucos anos quis ir além e formou a banda ‘Sotaque de Raiz’, com o compositor Geovanne da Costa e outros músicos da região.

 

Com a ‘Sotaque de Raiz’ teve a canção ‘Minha Fé’ entre as primeiras colocadas, em dois festivais. Tocou no palco principal do ‘Maior São João do Cerrado’ e da ‘Fifa Fan Fest’. Daí, mais uma vez, almejou algo mais. Aconselhado por gente experiente no meio, Deivid Rodrigues deu sua própria cara e nome ao seu novo projeto musical.

 

Referências musicais

 

Deivid Rodrigues conhece de Luiz Gonzaga a Mestrinho, passando pela banda de forró cearense Mastruz com Leite e por duplas sertanejas como Christian & Ralf, Chitãozinho & Xororó e Guilherme & Santiago. Do início da carreira traz influências do pop rock do Skank, Kid Abelha e Cidade Negra, da lambada de Kaoma e Beto Barbosa, e [email protected]

 

Hoje Deivid se aproxima de nomes como Mariana Aydar e Lucy Alves. “O estilo base é o forró pé-de-serra, mas sem medo de flertar com outros ritmos latinos”, diz ele. Como bom candango, tem influências trazidas ao Planalto Central por artistas de todas as regiões do Brasil e do mundo, que ele as junta às mais belas e puras raízes do forró. 

 

É dessa mistura que surge o primeiro EP de Deivid Rodrigues, ‘Do Meu Jeito’, postado em 05/03/2021, com cinco músicas autorais inéditas, duas delas feitas em parceria com Geovanne da Costa. Sem perder a essência do ‘forró pé de serra’, trazem uma musicalidade nova, para conquistar também outros públicos.  Assim que acabar a pandemia do ‘corona vírus’ o artista sai pelo Brasil levando o sol e a música do cerrado.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Brasília - DF
Atualizado às 22h59 - Fonte: Climatempo
21°
Muitas nuvens

Mín. 18° Máx. 28°

21° Sensação
13 km/h Vento
88% Umidade do ar
90% (15mm) Chance de chuva
Amanhã (26/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 27°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quarta (27/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 29°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias